Sobre nós

Deixamos o Brasil no final de 2010 com destino à Argentina. Nosso plano original era mudar de Niterói, onde morávamos até então, para Buenos Aires.

Depois de vender tudo o que tínhamos no Brasil e chegamos em Buenos Aires apenas com algumas malas. Como era verão e o calor era forte, decidimos passar os meses de janeiro e fevereiro em Bariloche, na Patagônia.

Foi lá que tomamos contato pela primeira vez com conceitos tais como viajante perpétuo e nômade digital. Percebemos que tínhamos todos os pré-requisitos para viver como nômades digitais. Afinal, já trabalhávamos remotamente e tínhamos liberdade para ir onde quiséssemos enquanto trabalhávamos em paralelo.

Pensando nisso, decidimos continuar viajando e não mais ficar na Argentina em definitivo. Foi assim que começou a nossa história nômade.